14 de dezembro de 2011

Squirt: você sabe o que é?

por Paula Perdiz

O jorro de prazer que ainda hoje intriga as mulheres




Squirt: você sabe o que é?

Você está lá no bem bom como seu gato e, de repente, no meio da transa você sente um líquido correr pelas suas pernas e acha que é xixi? Calma, você não está com incontinência urinária. Isso se chama ejaculação feminina ou Squirt (esguicho, em inglês) , como a prática é conhecida mundo a fora. É, para quem acha que uma “boa gozada” é prerrogativa iminente dos homens, animem-se menina. O squirting está aí para provar que, embora não todas, as mulheres também podem chegar ao ápice do clímax e ejacular.

Se a primeira coisa que veio a sua cabeça foi a palavra “eca”, saiba que o gozo feminino, produzido na glândulas de Skene, é incolor e não possui cheiro, além de não estar relacionado a urina ou a lubrificação. Ou seja, nada de ficar com nojo. Outro ponto importante é ressaltar que a ejaculação feminina não precisa acontecer para você atingir o orgasmo, ou para que ele seja intenso. Então, nada de supervalorizar o squirt, afinal, nós sabemos que a ejaculação feminina não é facilmente alcançada, mas existem alguns métodos para te ajudar a experimentar um outro tipo prazer.

Se você se animou com a ideia e vai chamar o companheiro para praticar, a estimulação do ponto G faz com que o fenômeno ocorra com mais facilidade. Uma das melhores posições para atingir o orgasmo máximo é colocar as pernas bem para cima (você pode apoiar no ombro dele), enquanto ele estimula o ponto G (parte de trás do ossinho da vagina) com a língua, lábios e dedos, intercalando com movimentos circulares e uma leve pressão.

Se você já tentou essa posição e não teve muito sucesso, experimente a posição de mulher-gato, na qual você fica por cima do seu parceiro e, depois da penetração, ele estica e junta totalmente a perna, enquanto você apoia sua perna nas dele, fazendo com que o pênis fique lá dentro, bem apertadinho. Como corpo bem colado ao parceiro inicie os movimentos para cima e para baixo, isso irá estimular o clitóris, além de te deixar com total controle da pressão. Agora é só praticar e achar o caminho da felicidade eterna.

Nunca passou por essa experiência e não acredita que as mulheres possam de fato ejacular? Para quem não tem o costume de acompanhar seus parceiros nas empreitadas pornográficas nas locadoras e sites para adultos, a prática de “esguichar” ganhou tantos adeptos e praticantes que ganhou uma categoria só dela entre os filmes pornôs.

Fonte: Bolsa de mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos Contra a Pedofilia

Todos Contra a Pedofilia
Jorge Quadros, Senador Magno Malta e Clau Quadros